As incertezas agudizam-se nos mercados e agosto foi um mês muito frio para as praças financeiras. Com a desaceleração da economia chinesa e a economia americana longe de obter uma aprovação consensual por parte dos investidores quanto à sustentabilidade do seu crescimento, os mercados têm vindo a apresentar algumas perdas nos últimos meses, sendo o mês de agosto o pior até agora.

As carteiras foram todas elas penalizadas pelo fraco desempenho dos mercados tendo a carteira Portugal (-3,4%) sido a menos penalizada quando comparada com a carteira Europa (-3,7%) e a carteira Mundo (-3,8%).

O relativo bom desempenho observado na carteira Portugal durante 2015 resulta em grande escala da significativa alocação à classe liquidez. Dada a composição do mercado nacional de fundos de pensões, é esperado que tais resultados se repliquem nos fundos de pensões nacionais, de uma forma geral. Uma estratégia com maior concentração de ativos na zona euro revelou-se nos últimos 5 anos como uma boa opção, não esquecendo a exposição significativa a ativos monetários, numa economia global dominada pela volatilidade.